O que é General MIDI – GM?

Entenda o que é General MIDI - GM
Para entendermos melhor o que é General Midi, é preciso dizer que GM não é um formato de arquivo, mas sim um PADRÃO.
Veremos a seguir o que foi padronizado e por que é tão importante.

Qual o problema na história?

No início dos sintetizadores, cada fabricante criava seus timbres e
dispunha-os na ordem que bem entendesse.
Teclado A:

  • Instrumento 1 = Strings
  • Instrumento 2 = Piano
  • Instrumento 3 = Baixo
Teclado B:

  • Instrumento 1 = Sax
  • Instrumento 2 = violão
  • Instrumento 3 = Bateria

Já viu a confusão que daria se tocasse uma música composta no teclado A no teclado B ?

Todos os timbres trocados.. isso não daria muito certo! E não dava!
Estipularam então um padrão que todos os fabricantes “deveriam” seguir.
Criaram então o tal padrão General MIDI (GM).

O que é o padrão GM?

O padrão estipula a ordem dos instrumentos da seguinte forma:

  • Ao todo, 128 instrumentos.
  • Os instrumentos ficam disponibilizados em 16 grupos de 8 instrumentos cada:Grupo dos pianos (8 timbres)
    Grupo dos instrumentos percussivos melodicos (8 timbres)…
    Grupo dos Orgãos (8 timbres)
    Grupo das guitas/violões (8 timbres)
    Grupo dos baixos (8 timbres)
    Grupo dos metais (8 timbres)
    Grupo das cordas (8 timbres)
    E por aí vai..
  • canal 10 é o canal da Bateria.
  • Toda as peças da bateria (bumbo, caixa, hi-hat, pratos, tons, etc) possuem notas específicas:
    Ex: C1 = Bumbo | D1 = Caixa | F#1 = Hi-hat fechado…

Com isso, garantiam que o instrumento 48, por exemplo, seria um “Strings” em todos os equipamentos. O que diferenciaria um fabricante do outro seria apenas a qualidade de cada timbre.

Além disso, criaram também ordens para mensagens de controles (control messages) como
VOLUME, PAN, EXPRESSÃO, SUSTAIN, ETC.
Volume é o controle 7, PAN é 10, Reverb é 64…e por aí vai.

Assim, todas as mensagens de mudanças de volume, pan, reverb, etc. também seriam entendidas pelos teclados.

Já pensou se não tivesse esse padrão ? Mandar uma mensagem de controle de volume e o pedal ficar
pressionado o tempo todo? Doideira, não?

Então, justamente por isso tudo, criaram o tal padrão GM.

Todas as músicas .mid existentes na internet seguem este padrão.
É a única forma de fazer um arranjo ser tocado em diversos computadores e teclados diferentes e conseguir manter uma unidade sonora (piano com som de piano, bateria com som de bateria, etc).

Depois cada fabricante resolveu lançar ampliações do padrão GM, como
o XG da Yamaha e o GS da Roland.
Mais tarde, lançaram os padrões GM2 com a padronização de novas informações, bancos de instrumentos,
etc, e também o GS2 da Roland, cada qual com novos padrões para os
futuros instrumentos.

Espero ter ajudado a elucidar um pouco mais essa questão!

Daniel Farjoun
www.musilab.com.br
www.danielfarjoun.com