Dicas para fotografia de longa exposição

Você estranhou o termo “longa exposição”? Caso afirmativo, você deve estar ainda se familizarizando com a linguagem da fotografia.
Para os novatos, segue uma breve explicação:
Quando se faz uma foto, internamente o que acontece é o seguinte (muito resumidamente):
1) O obturador da sua câmera se abre e expõe o sensor à luz externa.
2) Após um determinado tempo o obturador se fecha e você tem a sua fotografia.

Quanto maior a exposição, mais luz entra. Quanto maior a exposição, mais evidente fica a percepção do movimento das pessoas, carros, folhas das árvores, mar, cachoeira, etc.

Agora que você já sabe que “longa exposição” é a mesma coisa que “longa duração”, vamos ao que interessa.

Todas as câmeras fotográficas modernas têm a capacidade de fazer fotos de longa exposição.
Por longa exposição entende-se períodos iguais ou superiores a um segundo, por exemplo.
Em um segundo muita coisa pode acontecer: A sua mão muda de posição e até um carro pode passar deixando um rastro de seus faróis na foto.

Quanto mais lenta for a velocidade, maior será a dificuldade de se conseguir boas fotos sem que pareçam tremidas.

Existem duas dicas básicas para fazer uma foto sem tremedeira:
1) usar um tripé
2) Usar a regrinha simples que veremos abaixo:

Se você usa uma lente 200mm, faça sua foto em 1/200 ou mais rápido (1/250).

Se usa uma lente 50mm, uma velocidade de 1/50 ou superior viabiliza sua foto sem necessidade de suporte extra.

Lembre-se que, se você utiliza uma lente 100mm em um corpo APS-C da Canon, ela passa a ser 160mm devido ao fator de crop de 1.6. Se for uma Nikon ou Sony com crop de 1.5, a mesma 100mm equivale a 150mm. E claro, num corpo fullframe, uma 100mm é uma 100mm.

OBS: Quando essa regra não é suficiente para atender as suas necessidades é sempre recomendado o uso de tripé ou um apoio firme para a sua câmera.

Uma fotografia de paisagem urbana noturna, por exemplo, requer tempos de exposição bem maiores. A foto abaixo foi feita em ISO 100 para o máximo de qualidade. Isto fez o tempo de exposição subir para alguns segundos.

Então, com sua câmera no tripé ou bem apoiada, faça a foto disparando a câmera com um controle remoto. Isto fará com que o seu dedo não trema a câmera ao apertar o botão para o início da foto.

Se você não tiver um controle remoto ao seu alcance, tem a opção de usar o timer da sua câmera (normalmente de 2 ou 10 segundos). Se você não souber configurar o timer da sua câmera, terá duas soluções:

1) Leia o manual

2) Use um boné preto para cobrir a lente enquanto se aperta o botão para disparo do obturador. Assim que a câmera começar a fazer a foto, retire rapidamente o boné, com cuidado para não esbarrar na câmera. Isto fará com que a tremida provocada pelo apertar do botão não registre luz, apenas o seu boné preto. Com a câmera já estabilizada, você retira o boné e a foto começa de fato a acontecer.

Agora é a sua hora de experimentar. Divirta-se e até a próxima!